FÓRUM ABRIL 2017 – NETWORKING, construindo relações para a vida

 

O que seria de nós sem os nossos relacionamentos? Convivemos com as pessoas de várias formas e a todo o momento. Somos vizinhos, companheiros, pais, filhos, subordinados, chefes, amigos, etc. Por mais tímido e reservado que você seja, relaciona-se com os outros. Por isso, a construção de relações verdadeiras e sinceras é uma importante arte nas nossas vidas, a ser desenvolvida e trabalhada.

Conseguir viver harmoniosamente com as pessoas permite que se construa uma valiosa rede de contatos, que lhe proporcionará muitos benefícios. Sabe aquele seu amigo que pode lhe dar uma boleia que salvará o seu encontro, ou aquele seu ex-chefe que o pode indicar para uma vaga do seu interesse?

Cultivar relações verdadeiras requer, porém, dedicação e empenho. É uma via de duas mãos, e deve estar sempre ciente da importância do seu papel em manter a ligação aberta e funcional. Tempo, energia e esforços são empenhados para que essa ponte seja construída.

O nível de suas amizades e relacionamentos influencia diretamente a qualidade do seu networking. Portanto, não deixe de prestar atenção aos valores éticos e de vida que permeiam o seu convívio com o outro.

O networking é um processo sistemático de estabelecer e manter relações para procurar informações e recursos de modo a atingir objetivos específicos. O seu propósito consiste na criação de relações e interações a longo prazo e não tanto de ligações curtas e rápidas. Serve para aceder a todo o tipo de informação e a uma grande variedade de recursos de modo a concretizar objetivos profissionais individuais e até mesmo objetivos de uma equipa ou de um grupo de trabalho.

Qualquer gestor conhece bem o poder do networking e sabe como é tão importante, não só para expandir novas oportunidades de negócio como também para o desenvolvimento da sua própria carreira. No entanto, a maior parte dos gestores sabe que devia ver o networking como parte integrante do seu trabalho mas não o faz.

No mercado de trabalho de hoje em dia, o networking é essencial para se conseguir uma boa colocação. Cerca de dois terços das novas oportunidades de emprego surgem através de uma forma ou outra de contacto pessoal, e esta proporção é tanto maior quanto mais elevada for a responsabilidade do cargo em questão. É pela confiança na pessoa que vai desempenhar a função e das provas que já se foi capaz de dar no mercado que se consegue chegar a um cargo de Direção ou Administração.

Este mês proponho-vos uma reflexão/debate sobre o tema da REDE DE CONTATOS PROFISSIONAIS, pesquise e/ou partilhe experiências relacionadas com o tema exposto a debate.

Que estratégias tem seguido para aumentar a sua network? Sinta-se à vontade para partilhar os seus feitos connosco.

Se preferir poderá, também, desenvolver algum assunto relacionado com o tema, por exemplo:

  • Está na sua lista de prioridades fazer bons contatos diariamente?
  • Você assume os seus erros e falhas e procura corrigi-los?
  • As pessoas podem contar consigo? Você cumpre o que promete?
  • Os seus parceiros e colaboradores no trabalho sabem o quanto você os admira e reconhece seus talentos? De que forma você lhes demonstra o seu apreço por trabalhar com eles?
  •  Quando se desentende com alguém, procura maneiras de restaurar a relação e reconstruir a confiança mútua na parceria?
  • Desenvolveu alguma maneira de dar um toque de exclusividade nas suas relações de trabalho? Como trabalha para juntar valor às suas parcerias e amizades?

Que tal responder a estas questões e ver como anda sua capacidade de se relacionar?

Fico a aguardar as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum.

Bom trabalho e um bom Fórum para todos!

Rita Lourenço

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e curso para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.