Por um lado, acredita-se que os robôs irão causar desemprego, por outro, pensa-se  que pelo contrário serão uma fonte e uma oportunidade de se criar novos postos de trabalho.

robogeralreuters (1)

Segundo uma pesquisa pela Pew Research publicada recentemente, a inteligência artificial e a robótica irão expandir-se em segmentos como a saúde, transportes, bem como a remodelação, manutenção das casas de habitação e o serviço ao consumidor. No entanto, os especialistas, estão divididos sobre as conseqüências e  impacto que os robôs terão futuramente na empregabilidade.

Neste estudo participaram1. 896 indivíduos. De acordo com esta pesquisa, 48% dos participantes acreditam que os robôs irão pôr em risco a empregabilidade dos trabalhadores da área manual, como a produção industrial, serviços de limpeza, bem como a  construção e a área corporativa. Segundo os sujeitos da investigação, a inteligência artificial poderá eventualmente causar  quer um desequilíbrio salarial quer altas taxas de desemprego originando deste modo crises sociais.

No entanto, (52%), dos participantes desta pesquisa têm expectativas que a tecnologia não substitua a empregabilidade expectável a ser criada até cerca do ano 2025. Os sujeitos deste estudo  esperam que se irá investir no desenvolvimento  da indústria, tal como aconteceu com a Revolução Industrial.

Os participantes referiram também, que se irão dar mudanças positivas na sociedade relacionadas com a oferta de emprego. Assim sendo, este facto originará um retorno no qual haverá mais meios de produção artesanal, libertando o individuo para mais tempo livro para o lazer e relações familiares e sociais.

Caros alunos.

Este mês propomos uma reflexão na qual comentem as vossas opiniões das questões abordadas ao longo do texto. Ou seja, se concordam ou discordam com o avanço das tecnologias, com todos os custos e benefícios implícitos, bem como o impacto na sociedade.

Considera ainda que a sua actual/futura ocupação poderá ser ameaçada pela evolução da robótica? De que forma?