Neste mês de Abril apresentamos um tema interessante e que nos fará a todos pensar um pouco.

A relação entre “depressão” e “esgotamento”.

depress

Os fatores de desgaste do dia-a-dia, trazem fadiga e stress.

E o excesso de cansaço pode significar alguma enfermidade ou até um distúrbio orgânico.

O desânimo e cansaço costumam estar relacionados com a rotina, pessoas que ficam presas no trânsito, se aborrecem em discussões, tendo ao mesmo tempo que dar conta de várias tarefas, tudo isto pode desencadear esgotamento físico e mental, e sentir-se exausto logo ao acordar, pode ser sinal de doença à vista.

depress2

Qual a diferença entre esgotamento e a depressão?

Ambas representam situações semelhantes, relacionadas com o stress, cansaço, incapacidade de reação, mau humor, frustração e com outras doenças. Mas serão a mesma coisa?

A depressão é tristeza?

Porque se diz que “estamos a ficar esgotados” com determinada situação? E porque se associa o termo “Depressão” a todas as instabilidades físicas e psicológicas do indivíduo?

Quais as diferenças a nível de sintomas relativamente a uma “depressão” e um “esgotamento”? Existe realmente o termo “esgotamento” psicologicamente falando?

Este tema sugere ainda, uma reflexão teórica acerca do estigma da depressão no fenómeno social da doença mental.

Por isso, é importante referir, as questões do tratamento da depressão, articular as visões psicanalíticas com os temas sociais e ter em conta que a psiquiatria entende a depressão como um transtorno, a psicanálise por sua vez, compreende a depressão como um sintoma, inerente ao sujeito.

O tratamento pela psiquiatria e outras abordagens terapêuticas, perece seguir determinada padronização. Todavia o tratamento psicanalítico privilegia a singularidade do sujeito, o caso a caso. Este tema, defendem muitos autores, ainda vai constituir um diálogo fértil entre a psicanálise e a psiquiatria.

 depress3

Em que é que os estados depressivos influenciam o indivíduo no seu dia-a-dia, afetam o seu desempenho, comportamento, atitudes e emoções?

Este é o tema que vai ser tratado no fórum deste mês!

Nas unidades do Curso, abordamos este tema de forma mais exaustiva, mas não é o que se pretende aqui. Pretendemos que se levantem aqui algumas questões práticas e para que se compreendam estes conceitos.

Reflita sobre o assunto e se desejar, recorra a exemplos de situações concretas para ilustrar a sua opinião.

Esta atividade de Fórum permite debater e abordar novas ideias, visa o desenvolvimento e a discussão de temas atuais, relacionados com os temas propostos nas Unidades, no âmbito da formação.

Participe e desenvolva, no seu ponto de vista o tema exposto a debate. Se desejar, apresente exemplos representativos do que pretende ilustrar. Pode ainda, comentar as participações dos colegas.

O post de cada formando, não deve exceder a pág. A4 e deve ser enviado até ao final da semana. A sua participação conta em 20% para a avaliação da Unidade.

Bom Fórum para todos!

Ana Rita