Este mês gostaríamos de saber como avalia a rapidez do seu navegador? É rápido ou lento a carregar as páginas da internet? Tem publicidade indesejável?

Faça os testes abaixo e, se necessário siga os passos propostos e diga-nos qual o resultado final.

Informatica jul16
Programas em segundo plano podem consumir mais banda que o necessário.
Com tantos serviços online disponíveis atualmente, uma boa conexão com a internet é essencial para praticamente todos os usuários. Além de afetar quem usa a rede para lazer, uma internet lenta atrapalha quem precisa acessar informações relacionadas ao trabalho. Em muitas ocasiões, o problema é causado por falhas da operadora. Entretanto, o usuário pode verificar alguns itens antes de entrar em contato com a empresa. Além de corrigir o problema mais rapidamente, o estresse com o atendimento telefônico é evitado. Confira cinco dicas que ajudarão a melhorar sua conexão.

1) Verifique a velocidade com um medidor
Existem diversos sites que informam a velocidade da internet. Um deles é o http://www.speedtest.net/pt/, que apresenta as velocidades de download e upload. Os dados representam a capacidade de baixar dados da rede e de enviar informações ao servidor, respectivamente. A página também apresenta a latência da conexão. O termo informa quantos milissegundos (ms) uma informação leva para ir até o destino e voltar. Quanto menor o ping, melhor a comunicação entre a máquina e o servidor.
Em seguida, verifique se a velocidade da internet está próxima ao contratado junto à operadora. Se o valor for muito diferente, o problema está com a empresa e será necessário entrar em contato com o suporte. Caso contrário, a falha pode estar no computador e o usuário deverá realizar algumas correções.
2) Feche programas em segundo plano
Os principais causadores da lentidão são programas que continuam funcionando mesmo depois que o usuário decide fechá-los. Em vez de usar a conexão apenas para abrir páginas no navegador, a máquina passa a distribuir parte da internet para manter os programas abertos.
Se a velocidade da internet estiver abaixo do normal, é importante conferir se programas como uTorrent, Dropbox e outros gerenciadores de arquivos estão abertos. No Windows, seus ícones são exibidos ao lado do relógio na barra de tarefas.
3) Desative extensões no navegador
Apesar de prometerem melhorias na navegação, algumas extensões acabam piorando o desempenho da máquina pois além de garantir a exibição de sites, o navegador precisará carregar os recursos adicionais. Se o computador apresenta lentidão em um navegador específico, as extensões podem ser o problema.
Para desabilitar as extensões do Chrome, acesse chrome://extensions na barra de endereços e clique no ícone da lixeira. No Firefox, clique no botão do menu – o ícone com três traços no menu superior – e selecione Complementos para abrir a aba do gerenciador de complementos. Em seguida, selecione o painel Extensões ou Aparência e clique no botão Excluir. No Edge, basta clicar sobre o ícone do menu – os três pontos na barra superior – e escolher a opção Extensões. Depois, clique sobre o complemento desejado e escolha a opção Remover.
4) Mantenha o navegador limpo
Ao acessar as páginas, o navegador armazena diversos dados que serão reutilizados quando o usuário acessa uma página pela segunda vez. Entretanto, quanto mais informações são salvas, mais lento fica o navegador. Limpar o histórico, os cookies e os arquivos temporários do navegador são medidas importantes.
No Chrome, digite chrome://settings/clearBrowserData na barra de endereços. Em seguida, selecione os itens desejados e clique no botão Limpar dados de navegação. No Firefox, clique no botão de menu, selecione Histórico e escolha a opção Limpar dados de navegação. Depois, escolha o intervalo desejado, selecione as opções que serão excluídas e clique em Limpar agora. No Edge, abra o menu e escolha a opção Definições. Em seguida, clique no botão Escolher o que pretende limpar, marque os itens desejados e clique em Limpar.
Outra recomendação é evitar manter várias páginas abertas ao mesmo tempo. Com a conexão lenta, o computador terá ainda mais dificuldade para processar as informações de várias abas.
5) Instale um antivírus
A velocidade da conexão também pode ser afetada por fatores externos como vírus. Códigos maliciosos como spyware monitoram o comportamento do usuário e, consequentemente, interferem no desempenho do navegador. Dependendo da situação, o usuário pode perder a conexão por completo.
Além de se proteger com ações simples, usuário deve estar atento com ataques virtuais por meio de sites e anúncios
Ao navegar na internet, o usuário está exposto a pequenas armadilhas feitas por quem pretende capturar suas informações. Em alguns casos, os golpes virtuais são feitos por meio de anúncios falsos que enganam o usuário e baixam arquivos indesejados, mas podem ser ainda mais avançados. Alguns cibercriminosos criam sites falsos de lojas virtuais, copiando toda a aparência da página verdadeira em outro endereço. O objetivo é conseguir as informações pessoais como documentos e cartões de crédito em formulários falsos.