O alerta é feito por uma especialista americana na área da psicologia.

Lynne Murray, professora de psicologia do desenvolvimento, lançou um novo livro, o Psychocoly of Babies (Psicicologia dos bebés), onde recomenda que crianças com menos de 2 anos não vejam televisão (até porque é o aconselhado pela Academia Americana de Pediatria), para além de fazer outras advertências a este respeito.

Segundo o especialista, as crianças que veem muita televisão ficam com um vocabulário mais pobre e apresentam um rendimento escolar pior, sendo que esta situação não varia de acordo com a classe social. Além disso, pode levar as crianças a interagir pouco com os irmãos e com os pais e a deixar de brincar com os jogos tradicionais.

Siga este e outros temas sobre educação, saúde e cuidados ao bebé aqui