Artigos

/Artigos

CEAC Fórum de Junho – DPOC Clique aqui

CEAC FÓRUM DO MÊS DE JUNHO

DOENÇA PULMUNAR OBSTRUTIVA CRÓNICA – DPOC

CEAC Fórum: É uma doença que engloba a bronquite crónica e o enfisema pulmonar, problemas que provocam a obstrução ou aperto dos brônquios e a destruição do tecido pulmonar, podendo coexistir ou surgir separadamente.

Segundo o Serviço Nacional de Saúde, afeta cerca de 14% dos portugueses maiores de 40 anos, em particular fumadores. Fique a conhecer melhor esta doença e respetivos sintomas, assim como os tratamentos aconselhados e formas de prevenção.

Principais causas:

A principal causa da DPOC é o tabagismo. Para além disso a inalação frequente de alguns tipos de poluição ambiental ou profissional também podem provocar inflamação no aparelho respiratório, fragilizando a mucosa e contribuindo para a efetivação da doença.

Por outro lado, a deficiência hereditária de uma proteína denominada alfa 1-antitripsina pode igualmente estar associada ao aparecimento da DPOC.

Sintomas e diagnóstico:

Ainda que se trate de uma patologia silenciosa até à ocorrência de um problema pulmonar significativo, estão entre os sintomas mais recorrentes a tosse e expetoração praticamente diárias, pieira e falta de ar associada a esforços físicos.

A par da observação médica, recomenda-se a realização de uma espirometria, um teste de respiração que mede a quantidade de ar expirado pelos pulmões e que demonstra o estreitamento das vias aéreas.

No entanto, como os sinais têm uma progressão lenta, acaba por haver a uma desvalorização dos mesmos e consequentemente a uma intervenção médica mais tardia.

Complicações:

Caso não exista uma intervenção rápida e assertiva face ao diagnóstico, a DPOC pode dar origem a outros problemas. Os mais comuns são a tensão elevada ao nível das artérias pulmonares ou tumores no pulmão.

Por outro lado, a incapacidade para realizar exercício físico decorrente da dificuldade em respirar conduz a um quadro de enfraquecimento dos ossos e músculos, sendo comum em pessoas com DPOC a osteoporose e a perda de massa muscular.

A depressão é outro cenário possível, principalmente causada pela impossibilidade de manter uma vida ativa devido às dificuldades respiratórias.

Tratamento da DPOC:

A forma de combater a DPOC depende dos sintomas e gravidade, ainda que a cessação tabágica seja o primeiro passo.

  • Nos quadros mais ligeiros, faz-se apenas tratamento nas fases de agudização dos sintomas.
  • No caso de um doente com sintomas regulares, aconselha-se o recurso a inaladores que reduzem o estreitamento das vias aéreas e relaxam os músculos destas vias.
  • Em doentes com obstrução grave das vias aéreas e com agudizações habituais, recomenda-se o recurso a corticosteroides inalados para reduzir a frequência.
  • Em situações mais graves, a solução passa por corticosteroides orais.
  • Em pacientes cuja DPOC tenha mais agudizações, pode mesmo ser necessária a administração de oxigénio, seja durante as crises ou nos casos de insuficiência respiratória crónica, durante pelo menos 16 horas diárias.

Como prevenir?

Uma vez que a DPOC é uma doença intimamente relacionada com o tabagismo, a melhor forma de prevenção é nunca fumar ou deixar de o fazer o mais rapidamente possível, pois esse ato reduz o declínio da função pulmonar e o risco de infeção.

Outra estratégia importante é utilizar proteção respiratória, como máscaras, caso a profissão obrigue a exposição a poeira, fumos e agentes químicos.

Participe e desenvolva, no seu ponto de vista, o tema exposto a debate. Identifique os principais riscos da DPOC e como é possível viver com a doença. Se desejar, apresente exemplos representativos do que pretende ilustrar. Pode ainda comentar as participações dos colegas.

O post de cada formando deve ser submetido até ao final da semana. A sua participação conta 20% para a avaliação da Unidade.

Para participar neste Fórum CEAC basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e curso para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum! E não se esqueçam, caso queiram ver algum tema em debate e/ou gostassem de escrever um artigo para ser publicado, podem enviar por email e será publicado no mês seguinte!

CEAC Fórum Junho – Importância dos colegas na nossa Profissão: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum – Hábitos que Incomodam os Colegas de Trabalho

CEAC - mau colega no trabalho

CEAC – mau colega no trabalho

CEAC FÓRUM- Li recentemente este artigo (http://saldopositivo.cgd.pt/7-habitos-que-incomodam-os-seus-colegas-trabalho/) que me chamou a atenção porque na realidade todos nós conseguimos identificar o que mais nos incomoda na conduta das pessoas com quem trabalhamos mas, como seres únicos que somos, raramente nos apercebemos do que incomoda os outros no nosso comportamento, a menos que nos digam.

Num ambiente de trabalho os comportamentos dos colaboradores podem ter um impacto importante na produtividade e imagem da empresa.

CEAC - mau colega no trabalho_01

Muitas vezes ao tomarmos conhecimento do que sentem as outras pessoas tornamo-nos mais atentos o que nos ajuda a alterar determinados hábitos pois percebemos que podem incomodar os nossos colegas, esta compreensão poderá transformar o nosso dia-a-dia numa experiência positiva.

Sendo assim proponho-vos uma reflexão sobre esta questão e que identifiquem aqueles hábitos que têm o poder de vos pôr os “nervos em franja”; por outro lado e, não menos importante, reflicta sobre aqueles que poderão ser os seus maus hábitos de trabalho que afectam os outros.

CEAC - mau colega no trabalho_02

Pense nisto e participe no Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Veja também:

http://www.e-konomista.pt/artigo/maus-habitos-no-trabalho/

INFORMAÇÃO CEAC: Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum CEAC!

Manuel Bernardo

CEAC - mau colega no trabalho_03

El destino es caprichoso

Visiona este anuncio de primitiva:

En este vídeo vemos que un hombre pisa un excremento de perro y su amigo le dice: Qué suerte, tío. Tienes que echar la Primitiva. Ni te limpies. Vamos a echarla. Y es que pisar un excremento de perro puede ser desagradable pero es signo de buena suerte.

¿Cuáles de las supersticiones anteriores son iguales en tu país?

¿Existe alguna superstición particular de tu país?

Diese acht Dinge bringen Glück – so will’s der deutsche Aberglaube

Diese 8 Dinge bringen in Deutschland Glück:

Man sollte quasi dankbar sein, wenn man in einen Hundehaufen tritt oder der Kot einer Taube auf der eigenen Schulter landet – denn das bringt Glück!
Wer drei Mal auf Holz klopft, der schwört Glück herbei oder bewahrt es und wendet Unheil ab.
Lautes Krachen und Scheppern vertreibt die bösen Geister und bringt Glück – wem also das gute Porzellan zerbricht, der sollte sich freuen, dass er vor etwas Schlimmeren bewahrt wurde
Salz wurde im Mittelalter die heilige Kraft zugesprochen, das Böse zu vertreiben – Salz stand für Schutz, Glück und Reichtum. So bringt es Unglück, wenn man es verschüttet.
An Sylvester findet man kleine Marzipanschweinchen als Deko auf dem Tisch. Und wie kommt das Schwein zu seinem Glück? Der Ursprung liegt weit zurück: Seit Jahrtausenden gelten Schweine als Symbol für Stärke, Fruchtbarkeit und Wohlstand.
Mit jeder Sternschnuppe geht ein Wunsch in Erfüllung. Ein jahrhundertealter Glauben. Aber es gibt eine Voraussetzung: Wer eine Sternschnuppe sieht und seinen Wunsch gen Himmel schickt, darf diesen auf keinen Fall verraten – denn dann wird er nicht erfüllt.
Wer er es schafft mit einem ununterbrochenen Pusten alle Kerzen auf der Geburtstagstorte auszupusten, der darf seine Augen schließen und sich etwas wünschen. Der Wunsch geht auch in Erfüllung – aber nur wenn man den Wunsch niemandem verrät.
Jemandem, dem man gutes Gelingen wünscht, dem drückt man die Daumen. Woher kommt der Glaube, dass das Glück bringt? Vermutlich rührt es daher, dass der Daumen schon immer als stärkster und wichtigster Finger galt.

Und bei dir? Welcher Aberglaube existiert in deinem Land? An welche Aberglauben glaubst du?

FORUM DE JUIN 2020 – Vos vacances cet été.

Les vacances sont supposées être un moment de plaisir et de détente en dehors de votre vie quotidienne. Cependant, des vacances mal préparées peuvent entrainer de graves problèmes.

Préparez-vous à profiter de votre temps en planifiant votre voyage, votre hébergement et vos activités en avance. En plus, en vous donnant suffisamment de temps pour les planifier, vous pouvez vous amuser et commencer à vous sentir comme en vacances.

Pour ce forum de Juin, je vous propose de partager avec nous, comment vous vous organiser pour préparer vos vacances? Et si cette année vous allez faire différemment ?

Comment choisissez-vous votre destination?
Comment préparez-vous le voyage?
Où trouvez-vous le logement?
Planifiez-vous les activités?
Comment se passe la préparation de vos bagages et de votre départ?

Merci de votre collaboration à ce forum. Votre participation est trés importante pour votre succés et un aprentissage  productif.
INFORMAÇÃO CEAC:
Participe no Fórum enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Cotação: 20% da média do nível em estudo.

Fórum Junho: Il razzismo ancora esiste, purtroppo – Clique aqui

Negli ultimi giorni i giornali e la televisione non parlano d’altro che  di quell’assurdo episodio che si è verificato negli stati Uniti, ossia della morte di un uomo di colore ucciso brutalmente da un poliziotto. Purtroppo è assurdo che ancora oggi si verifichino fatti del genere. Voi che ne pensate?

Protegido: 50 vagas para Reforços de Verão em todo o país

Este conteúdo está protegido com uma senha. Para o visualizar, por favor insira a sua senha abaixo:

Fórum Maio: Depressão – Clique aqui

 

O que é?

A depressão é uma das doenças psiquiátricas mais comuns. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a depressão é um dos principais problemas de saúde no mundo desenvolvido.

Estima-se que uma em cada quatro mulheres e um em cada dez homens possam ter crises de depressão em alguma fase da sua vida e as crianças também podem ser afetadas.

Não existem dados concretos em relação à sua frequência em Portugal, mas as estimativas referem valores de 2 a 3% para os homens e de 5 a 9% para as mulheres para as formas mais graves de depressão e valores superiores a 20% para formas mais ligeiras da doença.

 

O que distingue uma depressão da tristeza?

A depressão constitui uma patologia que pode passar despercebida, uma vez que os seus sintomas podem ser atribuídos a outras causas (como doenças físicas ou stress).

É importante perceber que todos podem estar tristes, mas que esses sentimentos duram pouco tempo, pelo contrário, na depressão ocorre interferência com as atividades do dia-a-dia associadas a um sofrimento intenso. Como tal, a depressão, embora comum, é uma doença grave.

Muitos doentes com depressão não procuram tratamento, embora existam formas eficazes de a tratar.

Sintomas

A depressão é uma perturbação do humor que não deve ser confundida com sentimentos de tristeza, geralmente reativos a acontecimentos da vida, temporários e que, de um modo geral, não são incompatíveis com uma vida normal.

A depressão  pode apresentar diferentes formas e graus de gravidade e os seus sintomas podem prolongar-se no tempo, podendo incluir:

  • Sentimentos de tristeza e aborrecimento
  • Sensações de irritabilidade, tensão ou agitação
  • Sensações de aflição, preocupação, receios infundados e insegurança
  • Diminuição da energia, fadiga e lentidão
  • Perda de interesse e prazer nas atividades diárias
  • Perturbação do sono e do desejo sexual
  • Variações significativas do peso por perturbações do apetite
  • Sentimentos de culpa e de autodesvalorização
  • Alterações da concentração, memória e raciocínio
  • Sintomas físicos não devidos a outra doença (dores de cabeça, perturbações digestivas, dor crónica, mal-estar geral)
  • Ideias de morte e tentativas de suicídio

 

A depressão afeta de modo significativo o rendimento no trabalho, a vida familiar e escolar e todas as atividades do doente, causando grande sofrimento.

Nas formas mais graves, os sintomas podem surgir sem relação aparente com acontecimentos traumáticos da vida e duram diversos meses.

Nas formas mais ligeiras, a intensidade dos sintomas é menor e permite a manutenção das atividades diárias, embora esteja presente a sensação de fadiga, tristeza e desinteresse, e tende a prolongar-se durante anos.

Em alguns casos, a depressão não se manifesta sob a forma de tristeza, mas através de sintomas como a fadiga, dores inespecíficas, sensação de opressão no peito, insónias, perturbações digestivas (náuseas, vómitos, diarreia), o que coloca a hipótese de uma doença diferente, dificultando e retardando o diagnóstico.

A depressão pode fazer parte da doença bipolar, na qual ocorrem episódios de depressão alternados com períodos de excitação e euforia. Nas fases eufóricas, a autoestima dos doentes está muito elevada com perda da noção da realidade, podendo ocorrer gastos excessivos e a realização de negócios impossíveis.

Causas

De um modo geral, a depressão resulta de uma combinação de fatores genéticos, biológicos, ambientais e psicológicos:

  • Existe tendência hereditária para alguns tipos de depressão.
  • Os acontecimentos traumáticos da vida contribuem para o aparecimento da depressão, podendo funcionar como desencadeantes ou facilitadores de episódios depressivos.
  • O tipo de personalidade e a forma como cada indivíduo lida com os problemas também se associa a uma maior ou menor predisposição para a depressão.

Tratamento

  • O tratamento é importante de modo a que a depressão não se prolongue e se agrave. Se os sintomas não forem reconhecidos como fazendo parte de uma doença, a avaliação negativa feita pelos outros tenderá a acentuar a fraca imagem pessoal e a reduzida autoestima.
  • O suicídio é uma possibilidade que não deve ser esquecida e o tratamento é essencial para reduzir esse risco e permitir a melhoria dos sintomas da depressão.
  • Existem diversos tratamentos possíveis para a depressão, incluindo-se os medicamentos antidepressivos e a psicoterapia, que deverão ser escolhidos pelo médico de forma individualizada. De um modo geral, são tratamentos que devem ser prolongados durante um período de tempo significativo de modo a serem eficazes.
  • O suporte familiar e social é um complemento importante do tratamento selecionado pelo médico.
  • O prognóstico da depressão é bom e depende essencialmente do tratamento instituído e de um adequado controlo de todos os fatores de risco presentes em cada caso.
  • Através das terapias não convencionais e em conjunto com os tratamentos médicos, utilizando a Acupuntura e a Homeopatia para reduzir a ansiedade, as insónias, utilizando a Naturopatia, reforçando o sistema imunitário, através de suplementos, fitoterapia, recomendações alimentares, entre outros.

 

Prevenção:

Embora não seja possível prevenir a depressão, existem alguns hábitos de vida que pode adotar para a manutenção da sua saúde mental:

  • Encontrar formas de gerir o stress e melhorar a autoestima.
  • Cuidar bem de si: dormir o suficiente, adotar uma alimentação saudável e praticar exercício físico com regularidade.
  • Procurar apoio na família e amigos nas alturas mais difíceis.
  • Fazer consultas de rotina com regularidade e consultar o seu médico assistente se não se sentir bem.
  • Procurar ajuda se se sentir deprimido; não espere, pois poderá pior a situação.

Participe e desenvolva, no seu ponto de vista e de profissional Farmacêutico , o tema exposto a debate. Se desejar, apresente exemplos representativos do que pretende ilustrar. Pode ainda comentar as participações dos colegas.

O post de cada formando deve ser submetido até ao final da semana. A sua participação conta 20% para a avaliação da Unidade.

Para participar neste Fórum CEAC basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e curso para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum! E não se esqueçam, caso queiram ver algum tema em debate e/ou gostassem de escrever um artigo para ser publicado, podem enviar por email e será publicado no mês seguinte!

 

Fórum Maio – Zungenbrecher: Clique aqui para aceder

Ein Zungenbrecher ist eine bestimmte Wortfolge, deren schnelle, wiederholte Aussprache selbst Muttersprachlern schwerfällt. Oft handelt es sich um ähnliche Wörter, die aufeinander folgen, sich aber in bestimmten Silben unterscheiden. Auch Alliterationen sind häufig. Es ist sehr gut, um die richtige Aussprache eines Wortes zu üben. Mein lieblings Zungenbrecher ist: Fischers Fritz fischt frische Fische. Frische Fische fischt Fischers Fritz.

Welche Zungenbrecher kennt ihr? Habt ihr ein lieblings Zungenbrecher?

 

Fórum Maio – Trabalenguas: Clique aqui para aceder

Trabalenguas es una frase o un término cuya pronunciación es muy complicada (y, por lo tanto, “traba” la lengua de aquél que intenta expresarla). El trabalenguas, por lo tanto, debe ser un texto que, al ser pronunciado a viva voz, sea difícil de articular. Su dificultad radica en la presencia de rimas y aliteraciones a partir del uso de fonemas que resultan muy parecidos. Los trabalenguas suelen ser muy útiles para mejorar la dicción e incluso para resolver ciertos problemas de pronunciación. Por ejemplo: Tres tristes tigres tragan trigo en un trigal.

En todas las lenguas hay muchísimos trabalenguas, incluso en portugués. ¿Cuál es tu trabalenguas favorito y por qué? ¿Puedes compartir con tus compañeros?

Peça Já Informação