Blog Mecânica Automóvel

//Blog Mecânica Automóvel

O Blog de Mecânica Automóvel é um espaço de aprendizagem colaborativa com discussão de temas relevantes para promoção da reflexão e partilha de conhecimento, opiniões e experiência.

Clique abaixo para aceder ao último tema.

CEAC Fórum de Agosto – Sistemas de Segurança: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum – Sistemas de Segurança

CEAC FÓRUM – Em Julho de 1962, o engenheiro sueco Nils Bohlin recebeu do United States Patent Office (o departamento de patentes dos EUA) a patente nº 3043625 pelo design do seu cinto de segurança de 3 pontos, hoje considerado como o mais relevante sistema de proteção da indústria automóvel.

A aprovação desta patente surgiu precisamente 3 anos após a sua introdução, depois de, em 1959, a Volvo se ter tornado no primeiro construtor do mundo a colocar, de série, o cinto de segurança de 3 pontos nos seus automóveis (Amazon e PV544). Nessa mesma altura, Nils Bohlin solicitou a atribuição da patente.

O design desta inovação tinha tanto de simples como de eficiente: A combinação de um cinto diagonal e de outro horizontal, que formavam um “V” e que estavam presos a um ponto de fixação baixo, colocado de forma lateral ao assento, capaz de assegurar que os cintos se mantinham na sua posição mesmo após um acidente.

 

Alguns anos mais tarde, a Volvo demonstrou todo o seu compromisso com a segurança automóvel e viria a oferecer esta patente a todos os construtores para que estes a pudessem utilizar nos seus automóveis. Isto significa que todos os condutores podem beneficiar de um pouco da tecnologia de segurança da Volvo, independentemente da marca que estejam a conduzir. O princípio que os fundadores Assar Gabrielsson e Gustav Larson sempre defenderam, como exemplifica a citação seguinte:

“Os automóveis são conduzidos por pessoas. Por isso, tudo o que fizermos na Volvo deve contribuir, antes de mais, para a sua segurança.”

fonte: motor24.pt

Desde o cinto de 3 pontos muita coisa evoluiu na segurança passiva e activa; Airbaig, ESP, ABS, EDS, MSR são já termos de segurança relativamente comuns  para cada profissional do ramo automóvel. Ainda assim existem outros sistemas apenas comercializados em carros de topo de gama que tardam a ser alargados à generalidade dos veículos, seja por razões de patente ou por estratégias de marketing e vendas.

1. Este mês queremos que investigue e identifique outros sistemas que considere essenciais para melhorar a segurança automóvel.

2. Acha que os mesmos já teriam ajudado a evitar sinistros que tenha presenciado? Justifique.

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Aguardo com expectativa as vossas participações neste Fórum CEAC, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

Veja mais aqui:

http://www.e-konomista.pt/artigo/sistemas-de-seguranca-para-carros/

http://www.e-konomista.pt/artigo/carros-mais-seguros/

CEAC Fórum de Julho 2019 – Preparação Carros para as Férias: Clique aqui para aceder

CEAC FÓRUM – O que rever no carro antes de ir de férias

CEAC FÓRUM – Todos os proprietários devem ter sempre o automóvel em bom estado, mas essa situação é ainda mais fulcral quando se prepara para grandes viagens, de forma a evitarem ficar apeados ao lado da estrada ou colocarem-se e restantes ocupantes em perigo.

A que devem estar atentos os nossos clientes na revisão ao carro antes das férias…

Com a chegada de julho e agosto (e esperamos que finalmente o calor a “apertar”), começam as grandes romarias com destino aos locais de férias prediletos dos portugueses. Como habitualmente, o automóvel é o principal meio de deslocação escolhido para estas viagens. Seguramente todo já vimos, durante o trajeto, carros parados ao lado da estrada, com os passageiros sob um calor agonizante, e pensamos “E que tal se tivesses ido ao mecânico?”. Embora ninguém esteja a salvo de que isto lhe aconteça, existem alguns cuidados que todos devem ter antes de se colocarem ao caminho, que podem ser mesmo considerados como uma revisão ao carro antes das férias, na qual terá de prestar atenção especial a determinados componentes. Vejamos quais, em conjunto, para evitar que da próxima vez vejamos mais gente com as férias estragadas…

[/fusion_text]
  • Óleo do carro

    De preferência, devemos analisar esta situação a cada 1000km (e com o motor frio, não se esqueça…), mas é ainda mais perigoso partir para uma grande viagem com o carro “seco” ou com óleo já deteriorado. Deve também ter atenção ao líquido refrigerante, essencial para manter uma temperatura estável e abaixo de níveis perigosos.

    Um dos truques é ir vendo como está o chão sob o local onde estacionada. Se surgirem novas manchas de óleo, é provável que exista alguma fuga. A solução pode passar pela substituição de algum componente ou, caso isso seja demasiado oneroso, uma avaliação mais frequente do nível e a reposição manual do óleo num nível correto.
    A falta deste elemento fulcral para a lubrificação, proteção e até na refrigeração do motor, e também do líquido refrigerante, pode levar o propulsor a sobreaquecer e à fusão de alguns componentes. Nesse caso, seguramente que não vai conseguir andar para lado nenhum… sem ser à boleia do reboque.
  • Suspensão

    A partir dos 30.000km este sistema começa a perder alguma eficácia, e habitualmente é exigido um reajuste ou substituição de componentes a cada 50.000km.

    Este trabalho tem de ser feito numa oficina, mas antes disso pode fazer um teste para avaliar a vitalidade da suspensão. Coloque pressão sobre cada roda, e se sentir algum ricochete é provável que os amortecedores estejam a pedir “socorro”.

  • Travões

    Depois do motor, o sistema de travagem surge num nível equiparado ao dos pneus como um dos locais a que deve prestar maior atenção.
    O óleo dos travões deve estar entre os níveis mínimo e máximo e deve também ter atenção a discos e pastilhas. Se, ao pressionar o pedal para travar, sentir alguma vibração ou escutar um pequeno chiar, é provável que algo esteja a necessitar de ser substituído.
  • Luzes

    Basta uma pequena verificação do seu funcionamento antes de seguir viagem, pois é a garantia de que não irá colocar-se em perigo se tiver de viajar durante a noite ou, no caso dos piscas e travões, quando vai mudar de direção ou efetuar qualquer outra manobra.

    Aproveitamos aqui para deixar o alerta sobre uma situação cada vez mais frequente. Devido à luz que é dada pelas assinaturas visuais diurnas, muitos condutores esquecem-se de ligar as luzes à noite. O que, além de infringir o Código da Estrada, os coloca em perigo, pois na traseira não costumam existir estes LEDS, o que significa que não há qualquer indicação luminosa da presença do carro.

  • Pneus

    Os frisos dos pneus nunca devem descer de uma profundidade mínima de 3mm. Além disso, da inspeção antes de partir para férias deve também constar a pressão, que deve ser revista com os pneus a frio. E, se ainda tiver pneus sobressalente, não se esqueça que também ele necessita da pressão certa.
    Outra questão a observar são as especificações do fabricante, evitando dessa forma que sejam ultrapassados os limites de carga ou de velocidade para o pneu que o seu automóvel equipa.
  • Vidros

    Aqui estão alguns pequenos cuidados a ter antes de partir viagem, e que passam pela observação de que existe água no limpa para-brisas e a limpeza dos vidros por dentro, para diminuir o perigo de encandeamento. E também deve evitar seguir viagem sem reparar pequenas lascas e outros danos com dimensões assinaláveis no vidro que se podem agravar.

 

 

Depois de ler este artigo, gostaria de ter a vossa opinião que, para além dos apresentado, que outros cuidados deveremos recomendar aos clientes numa:

REVISÃO ANTES DAS FÉRIAS

Pense nisto e participe neste Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

 

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

CEAC Fórum Junho 2019 – Importância dos colegas na nossa Profissão: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum – Hábitos que Incomodam os Colegas de Trabalho

CEAC - mau colega no trabalho

CEAC – mau colega no trabalho

CEAC FÓRUM- Li recentemente este artigo (http://saldopositivo.cgd.pt/7-habitos-que-incomodam-os-seus-colegas-trabalho/) que me chamou a atenção porque na realidade todos nós conseguimos identificar o que mais nos incomoda na conduta das pessoas com quem trabalhamos mas, como seres únicos que somos, raramente nos apercebemos do que incomoda os outros no nosso comportamento, a menos que nos digam.

Num ambiente de trabalho os comportamentos dos colaboradores podem ter um impacto importante na produtividade e imagem da empresa.

CEAC - mau colega no trabalho_01

Muitas vezes ao tomarmos conhecimento do que sentem as outras pessoas tornamo-nos mais atentos o que nos ajuda a alterar determinados hábitos pois percebemos que podem incomodar os nossos colegas, esta compreensão poderá transformar o nosso dia-a-dia numa experiência positiva.

Sendo assim proponho-vos uma reflexão sobre esta questão e que identifiquem aqueles hábitos que têm o poder de vos pôr os “nervos em franja”; por outro lado e, não menos importante, reflicta sobre aqueles que poderão ser os seus maus hábitos de trabalho que afectam os outros.

CEAC - mau colega no trabalho_02

Pense nisto e participe no Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Veja também:

http://www.e-konomista.pt/artigo/maus-habitos-no-trabalho/

http://www.rhportal.com.br/artigos-rh/os-maus-hbitos-profissionais-que-voc-no-sabe-que-tem/

INFORMAÇÃO CEAC: Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum CEAC!

Manuel Bernardo

CEAC - mau colega no trabalho_03

CEAC Fórum Maio 2019 – BATERIAS DE IÕES DE LÍTIO: Clique aqui para aceder

BATERIAS DE IÕES DE LÍTIO

hot-topics-batteries-large

As baterias de iões de lítio são um tipo de baterias recarregáveis muito utilizadas desde os agora comuns equipamentos eletrónicos portáteis quer nos mais recentes automóveis eléctricos.

Quais as vantagens destas baterias em relação às de hidreto metálico de níquel (ou NiMh)?

Que cuidados se deve  ter com uma bateria de iões de lítio? O que poderá acontecer  quando expostas por muito tempo ao sol ou quando comprimidas?

Acha que as pessoas de um modo geral estão cientes dos riscos que correm com os equipamentos actuais, como os smartphones?

Veja os links abaixo e deixe os seus comentários sobre este tema.

mitos-sobre-as-baterias clique aqui para abrir

Quem produz as baterias para os carros eléctricos?

https://www.apple.com/pt/batteries/why-lithium-ion/

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bateria_de_i%C3%A3o_l%C3%ADtio

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e curso para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Fico a aguardar as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum.

Bom trabalho e um bom Fórum para todos!

CEAC Fórum Abril: Presente e Futuro do Diesel: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum: Presente e Futuro do Diesel: Clique aqui para aceder

dieseldying

Este mês recuperamos o tema dos Motores a Diesel e a sua viabilidade no futuro; Mais económicas, do ponto de vista do consumo, e mais duradouras as motorizações diesel parecem ter uma morte anunciada; Segundo um estudo os carros a diesel vão representar em 2020 apenas 30% de todo o mercado automóvel a nível continental e devem depois continuar a cair.

O domínio dos diesel na Europa, onde representavam cerca de metade da quota de mercado (em Portugal é superior a 60% VEJA AQUI https://www.statista.com/statistics/425113/eu-car-sales-share-of-diesel-engines-by-country/ ), está prestes a chegar ao fim. Segundo as previsões da analista de mercado JP Morgan Chase & Co., em 2020 vão representar apenas 30% (na Noruega é já 32%) de todo o mercado automóvel a nível continental e devem depois continuar a cair, algo que se explica pela conjugação de diversos fatores.

Esta alteração de paradigma será potenciada por três motivos diferentes, onde se destacam desde logo as dúvidas dos clientes relativamente às vantagens desta tecnologia e a transparência nos consumos e emissões que deriva do DieselGate da Volkswagen e também das suspeitas que têm recaído sobre outros fabricantes. Esta será uma situação com impacto nos lucros das marcas, com uma redução de 5% nos ganhos gerados, que assim devem redirecionar as verbas de projetos de desenvolvimento de novas soluções, como os veículos híbridos e elétricos alimentados a baterias. O motivo para a aposta nestas motorizações também se explica pela terceira “causa de morte” dos diesel na Europa, e que será precisamente a progressiva introdução de regras mais exigentes por parte das autoridades continentais, tanto através dos novos ciclos de testes como pela obrigação de cumprir limites de emissões progressivamente mais restritivos, algo que já tem vindo a ocorrer paulatinamente. Na vertente da legislação têm também impacto para muitos condutores as restrições à circulação nas cidades, com a ameaça de não ser permitida a entrada a veículos diesel nas grandes metrópoles.

Thomas Schlick, um especialista da empresa Roland Berger, explica que “a quota dos diesel tem vindo a cair progressivamente ao longo dos anos devido aos limites de emissões mais restritivos que tornam esta tecnologia mais cara”, recordando não apenas as regras comunitárias como as restrições à circulação em muitas cidades como outro motivo para o declínio das vendas. Este analista refere ainda impactos no mundo laboral, pois afirma que “as implicações da queda na procura dos modelos combustão são significativos para a indústria automóvel pois cerca de 1/3 dos postos de trabalho estão relacionados com as tecnologias de motorizações”. Também a Comissária Europeia dos Transportes, Elzbieta Bienkowska acredita que os diesel vão ser descontinuados, e afirma que apesar desta situação não ir ocorrer de um dia para o outro mas que “tenho a certeza de que vão desaparecer mais rápido do que poderemos imaginar”.

Outros artigos a consultar

https://www.sapo.pt/noticias/motores/mercados-antecipam-o-principio-do-fim-dos_5a969f4888cff5c6318e15b5

https://www.motor24.pt/cronicas/diesel-passou-bestial-besta/

Fim dos motores a Diesel e gasolina será em 2040?


Este mês queremos reflectir sobre este tema; segundo os textos anteriores o dieselgate iniciado pela Volkswagen parece ter deixado uma marca irreversível na confiança dos utilizadores e dos reguladores do mercado automóvel e, ainda segundo o artigo, as marcas ir apostar nas soluções híbridas/eléctricas (Leafs, Zoes e outros utilitários eléctricos são já visíveis um pouco por todo o lado). Por outro lado as regulações dos países começam a ser cada vez mais exigentes e a proibição de veículos com emissões poluentes é já anunciada.

Na sua experiência profissional/pessoal como tem sentido o mercado; Considera que as pessoas estão desconfiadas quanto às motorizações diesel? Denota um maior interesse pelos veículos híbridos ou eléctricos? Ou acha que o artigo anterior não faz grande sentido? Aguardo os vossos comentários !!

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja bonificado.

Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Esta atividade de Fórum permite debater e abordar novas ideias, visa o desenvolvimento e a discussão de temas atuais, no âmbito da formação. Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

CEAC Fórum Abril: Presente e Futuro do Diesel: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum: Presente e Futuro do Diesel: Clique aqui para aceder

dieseldying

Este mês recuperamos o tema dos Motores a Diesel e a sua viabilidade no futuro; Mais económicas, do ponto de vista do consumo, e mais duradouras as motorizações diesel parecem ter uma morte anunciada; Segundo um estudo os carros a diesel vão representar em 2020 apenas 30% de todo o mercado automóvel a nível continental e devem depois continuar a cair.

O domínio dos diesel na Europa, onde representavam cerca de metade da quota de mercado (em Portugal é superior a 60% VEJA AQUI https://www.statista.com/statistics/425113/eu-car-sales-share-of-diesel-engines-by-country/ ), está prestes a chegar ao fim. Segundo as previsões da analista de mercado JP Morgan Chase & Co., em 2020 vão representar apenas 30% (na Noruega é já 32%) de todo o mercado automóvel a nível continental e devem depois continuar a cair, algo que se explica pela conjugação de diversos fatores.

Esta alteração de paradigma será potenciada por três motivos diferentes, onde se destacam desde logo as dúvidas dos clientes relativamente às vantagens desta tecnologia e a transparência nos consumos e emissões que deriva do DieselGate da Volkswagen e também das suspeitas que têm recaído sobre outros fabricantes. Esta será uma situação com impacto nos lucros das marcas, com uma redução de 5% nos ganhos gerados, que assim devem redirecionar as verbas de projetos de desenvolvimento de novas soluções, como os veículos híbridos e elétricos alimentados a baterias. O motivo para a aposta nestas motorizações também se explica pela terceira “causa de morte” dos diesel na Europa, e que será precisamente a progressiva introdução de regras mais exigentes por parte das autoridades continentais, tanto através dos novos ciclos de testes como pela obrigação de cumprir limites de emissões progressivamente mais restritivos, algo que já tem vindo a ocorrer paulatinamente. Na vertente da legislação têm também impacto para muitos condutores as restrições à circulação nas cidades, com a ameaça de não ser permitida a entrada a veículos diesel nas grandes metrópoles.

Thomas Schlick, um especialista da empresa Roland Berger, explica que “a quota dos diesel tem vindo a cair progressivamente ao longo dos anos devido aos limites de emissões mais restritivos que tornam esta tecnologia mais cara”, recordando não apenas as regras comunitárias como as restrições à circulação em muitas cidades como outro motivo para o declínio das vendas. Este analista refere ainda impactos no mundo laboral, pois afirma que “as implicações da queda na procura dos modelos combustão são significativos para a indústria automóvel pois cerca de 1/3 dos postos de trabalho estão relacionados com as tecnologias de motorizações”. Também a Comissária Europeia dos Transportes, Elzbieta Bienkowska acredita que os diesel vão ser descontinuados, e afirma que apesar desta situação não ir ocorrer de um dia para o outro mas que “tenho a certeza de que vão desaparecer mais rápido do que poderemos imaginar”.

Outros artigos a consultar

https://www.sapo.pt/noticias/motores/mercados-antecipam-o-principio-do-fim-dos_5a969f4888cff5c6318e15b5

https://www.motor24.pt/cronicas/diesel-passou-bestial-besta/

Fim dos motores a Diesel e gasolina será em 2040?


Este mês queremos reflectir sobre este tema; segundo os textos anteriores o dieselgate iniciado pela Volkswagen parece ter deixado uma marca irreversível na confiança dos utilizadores e dos reguladores do mercado automóvel e, ainda segundo o artigo, as marcas ir apostar nas soluções híbridas/eléctricas (Leafs, Zoes e outros utilitários eléctricos são já visíveis um pouco por todo o lado). Por outro lado as regulações dos países começam a ser cada vez mais exigentes e a proibição de veículos com emissões poluentes é já anunciada.

Na sua experiência profissional/pessoal como tem sentido o mercado; Considera que as pessoas estão desconfiadas quanto às motorizações diesel? Denota um maior interesse pelos veículos híbridos ou eléctricos? Ou acha que o artigo anterior não faz grande sentido? Aguardo os vossos comentários !!

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja bonificado.

Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Esta atividade de Fórum permite debater e abordar novas ideias, visa o desenvolvimento e a discussão de temas atuais, no âmbito da formação. Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

CEAC Fórum Março: Crime na Internet e risco automóvel – Clique aqui para aceder

CEAC Fórum: Crime na Internet e risco automóvel

CEAC Fórum: Nem sempre a forma como se utiliza a internet é a mais sensata e, mesmo sem saber, pode estar a cometer alguns crimes que, hoje em dia, já são considerados bastante comuns.

Quais são os “crimes” mais comuns que existem no mundo virtual?

CYBERBULLYING: Esta é uma das maiores formas de violência que tem aumentado nos últimos tempos, embora ainda existam pessoas que não a considerem um crime.

MÚSICAS E VÍDEOS: Nem todos os arquivos são ilegais, mas se partilhar músicas, vídeos ou até mesmo softwares, pode estar a cometer pirataria e também violação de direitos de autor.

IDENTIDADE FALSA: Este crime é um dos mais frequentes que existe na internet, pois ao criar um nome e perfil falsos, está a usar a identidade de outra pessoa para o seu proveito.

SITES DE FILMES OU TELEVISÃO: A maioria dos sites onde costuma ver filmes ou televisão são grátis e por isso são ilegais. Assim, se pretender ver um filme ou televisão opte pelos sites pagos para garantir que não comete nenhum crime sem saber.

YOUTUBE: O Youtube é sem dúvida o site que deve ter mais visitas pois é normal que queira estar a par das mais recentes novidades no mundo da moda e não só. Por isso se alguma vez fizer a partilha de um vídeo deve ter em consideração se este é protegido ou não, pois se não o fizer pode estar a violar os direitos de autor que nele estão inseridos.

INTERNET: É normal que por vezes no trabalho acabe por dar uma vista de olhos nas redes sociais, mas sabia que isto pode levar a que seja despedido?! Apesar de não estar relacionado com um crime, o facto de utilizar a internet para uso pessoal no seu trabalho pode fazer com que seja despedido.

Todos estas acções mais ou menos inócuas podem contudo assumir altos riscos considerando, por exemplo os:

AUTOMÓVEIS CONECTADOS À INTERNET

Seja no entretenimento ou para ajudar os motoristas, esses sistemas prometem alterar radicalmente o cotidiano nas ruas e estradas, oferecendo mais conforto, segurança e, claro, comunicação.

Por definição, o carro conectado é aquele que de alguma forma se conecta a outros dispositivos, seja com a internet pela rede móvel ou a outros carros e antenas

Basicamente, existem duas grandes categorias: o infotainment (informação e entretenimento) e os sistemas de segurança e condução assistida.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/tecnologia/carros-conectados-oferecem-entretenimento-seguranca-aos-motoristas-21481626#ixzz59BMjRPF6


Neste texto juntámos alguns dos “crimes” mais comuns na internet; entre os enunciados queremos que nos conte:

  • De que modo uma utilização indevida da internet pode condicionar a sua vida pessoal ou na empresa?
  • Concretamente na indústria automóvel que riscos considera que a pirataria informática pode constituir?
  • Que boas práticas o profissional da mecânica deve adoptar no sentido de salvaguardar a integridade dos dados dos clientes bem como os sistemas dos automóveis no futuro?

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

Participe no Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIOnão esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

INFORMAÇÃO CEAC: Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

CEAC Fórum Fevereiro – Censura na Internet – Clique aqui para aceder

CEAC Fórum – Censura na Internet

CEAC Fórum: Este mês vamos abordar o tema da Censura na Internet e de que forma a mesma pode afectar as profissões.

Donald Trump e a solução “fechar a internet”

Ainda antes de ser eleito, o presidente dos Estados Unidos da América há já um ano, Donald Trump deduzia formas e fórmulas instantâneas sobre a forma mais imediata de resolver problemas mundiais, como o crescimento do radicalismo e terrorismo internacional; numa dessas soluções propôs o seguinte:

“a solução para o radicalismo islâmico é “fechar a internet” e assegura que vai falar com quem sabe: o fundador da Microsoft. Estamos a perder muitas pessoas por causa da internet. Temos de falar com Bill Gates e com muita gente que realmente percebe o que está a acontecer”,

O magnata indicou então querer falar com o líder histórico da Microsoft para arranjar alguma maneira de “fechar a internet”. O objetivo é que as crianças dos Estados Unidos não tenham acesso à internet para não se tornarem ‘pequenos rebeldes’. “As crianças estão na internet e querem ser génios”, justificou.

 Ainda em defesa da estratégia de deitar abaixo a rede que liga computadores e telemóveis em todo o mundo, o republicano argumentou:
“Há pessoas que vão dizer ‘então e a liberdade de expressão, e a liberdade de expressão’. Essas pessoas são malucas”.

Já depois de ser eleito, Donald Trump classifica a Internet de insegura e desaconselha as pessoas de a utilizarem, indicando como alternativa o tradicional correio.

Num mundo onde o conhecimento, a circulação de informação e a aproximação entre pessoas proliferam graças à liberdade de utilização da Internet, os Estados Unidos ameaçam juntar-se ao mapa dos países que mais censuram a internet.

Não deixando de ser uma contradição absoluta, este presidente acumula 47 295 720 de seguidores e conta com inúmeras publicações onde mistura declarações pessoais e presidenciais (veja aqui, em inglês todos os posts de 2017 de Donald Trump). Por outro lado e repetidamente o Presidente censura a comunicação social classificando tudo o que são comentários e/ou notícias com as quais não concorda classificando-as de “Fake News” como este artigo do Jornal  o Público o demonstra

Analisemos entretanto abaixo um mapa dos países onde a censura é maior:

internet-censorship-world-map

Depois de ler este artigo queremos conhecer a sua opinião, considerando uma reflexão que enquadre e procure dar resposta às seguintes questões:

  1. Iria esta medida impedir a radicalização de jovens e adultos ou o terrorismo à escala global?
  2. Que implicações na sua vida pessoal iria ter esta medida (pense aqui que informações /jornais consulta, pessoas contacta ou eventos que participa graças à internet).
  3. Na sua área e vida profissional como isto o afectaria? Como afectaria a empresa onde trabalha (ou trabalhou); iria funcionar melhor ou pior? Especifique eventuais vantagens e desvantagens da ausência de internet.
  4. Considerando a posição da China relativamente à vigilância e propriedade dos dados pessoais (https://pt.euronews.com/2017/05/29/china-implementa-nova-lei-de-protecao-de-dados) onde acha que estão os verdadeiros riscos?

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO, não esquecendo de indicar o seu nome e curso para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

Não se esqueça de comentar os seus colegas!

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

As atividades no Fórum de Discussão permitem debater e abordar novas ideias, visa o desenvolvimento e a discussão de temas atuais, no âmbito da formação.

Fico a aguardar as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum.

Bom trabalho e um bom Fórum para todos!

 

 

Os dez países com maior censura na internet do planeta

Qual a sua opinião do tema discutido este mês no Fórum?

View Results

Loading ... Loading ...

 https://www.publico.pt/2018/12/15/politica/noticia/tratamento-dados-pessoais-china-faz-chumbar-acordo-seguranca-portugal-1854774#gs.ORNBWVjn


Participe no Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIOnão esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

INFORMAÇÃO CEAC: Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum CEAC!

Protegido: CEAC Ofertas de Trabalho – Mecânico (M/F) para Oficina Móvel Lisboa

Este conteúdo está protegido com uma senha. Para o visualizar, por favor insira a sua senha abaixo:

CEAC Fórum Janeiro: Igualdade de Género: Clique aqui para aceder

CEAC Fórum: Igualdade de Género

CEAC Fórum: Este mês iremos abordar o tema da igualdade do género no sector da reparação e manutenção automóvel.

Recorrentemente constatamos que nas áreas técnicas da manutenção e reparação, em particular na área de mecânica em oficina, praticamente não existe população do sexo feminino; é possível ver mulheres nas oficinas contudo apenas como recepcionistas, caixa ou na contabilidade, raramente trabalhando nas peças ou sequer no apoio comercial.

Considera esta uma situação justa? A que se deve na sua opinião, esta situação?

Vê algum tipo de limitação na execução de tarefas pela mulher na troca de caixa de velocidades, embraiagens ou óleos?

Existem tarefas demasiado duras na oficina para serem executadas pelas mulheres que as impedem de aceder a este sector profissional?

Leia também as notícias abaixo, reflicta e dê-nos a conhecer a sua opinião.

Leia também as notícias abaixo, reflicta e dê-nos a conhecer a sua opinião.

Clique aqui para aceder a uma noticia na qual poderá observar o caso de três mulheres “mecânicas”

Clique aqui para conhecer o caso de uma outra mulher mecânica 

Lei obriga a Igualdade salarial na Islândia

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-01-06-Governo-estuda-certificado-de-igualdade-de-genero-para-empresas

 

 

igualdadegenero

 

Aguardo as vossas participações com expectativa, o vosso contributo é muito importante para o sucesso deste fórum!

Manuel Bernardo

Participe no Fórum CEAC enviando o seu comentário, opinião pessoal ou pesquisa. Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIOnão esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado. Os vossos comentários serão primeiro sujeitos à aprovação do professor pelo que podem não ficar imediatamente disponíveis.

INFORMAÇÃO CEAC: Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Peça Já Informação